Friday, December 09, 2005

Alta Voltagem

O que a Austrália tem de melhor? O canguru? As praias? O rúgbi? Os aborígenes? Nada disso. O melhor da Austrália, com certeza, é a banda AC/DC que com um misto de Rock´n Roll e Boogie (Blues tocado mais rápido) e com um tempero de Heavy Metal, conquistou o mundo todo.
A banda foi montada no começo dos anos 70 pelos irmãos Malcolm e Angus Young. Aliás Angus é o irmão mais novo da família Young, e no começo da banda ele tinha apenas 14 anos, e por este motivo, ele saia direto do colégio para os shows da banda, não tendo tempo nem para trocar de roupa. Nascia assim, a marca registrada da banda: a roupa de colegial que Angus usa nos shows até hoje.

A primeira formação da banda contava com os irmãos Young nas guitarras, Phill Rudd na bateria, Dave Evans nos vocais e Mark Evans no baixo. Pouco tempo após o começo da banda o vocalista Mark resolve sair. Com alguns shows marcados e sem vocalista a banda não sabia o que fazer. Neste contexto, entra em cena o lendário Bom Scott, que na época era o motorista da banda, assumindo os vocais.

No ano de 1976 sai no mundo todo o disco High Voltage, uma compilação das melhores músicas dos dois primeiros álbuns da banda, lançados somente na Austrália (High Voltage e T.N.T.). Destes dois primeiros discos as músicas Show Business, You Ain´t got a Hold on me, Soul Stripper e Bay Please Don´t Go só saíram no maravilhoso EP 74´Jailbreack. Enquanto que as músicas Stick Around, Love Song, Rocker e School Day´s só saíram na caixa Bon Fire de 1998. Mas podem ter certeza que as melhores músicas ficaram na versão internacional de Hogh Voltage.
O disco começa com a música It´s a Long Way to the Top (if you wanna rock and roll) que é um aviso para todos aqueles que querem o rock que o caminho até topo é bem longo. O clipe desta música é bem legal e é muito parecido com o clipe da música All Because of You do U2, com algumas diferenças: o caminhão era pequeno, o equipamento de som era ruim e eles não chegaram a parar o trânsito de Sidney.
Em seguida vem Rock´n Roll Singer com Bom Scott contando a história de como ele se tornou cantor de Rock. Ele conta que já sonhava em cantar desde criança e que abandonou a escola, deixou o cabelo crescer e enfrentou todos os moralistas para virar uma estrela de rock.
The Jack é minha música favorita, este Blues tem duas versões para a sua letra. A primeira é a do disco, e é bem moderada, e conta a história de um jogo de pôquer entre uma mulher e Jack, que só perde os jogos e não consegue vencer. A segunda versão só é cantada nos shows da banda, e nela quem perde a partida de pôquer tem que tirar uma peça de roupa, e mesmo assim o Jack só perde. Esta é apenas uma das letras de duplo sentido da banda (este é um dos motivos pelos quais o AC/DC sempre fez um enorme sucesso nos EUA, já que as letras de duplo sentido enganavam a “censura” daquele país), e nesta linha de letras o disco tem também Live Wire, o personagem da música esta cheio de “energia”. Little Lover e She´s Got Balls também seguem este estilo de letras.

T.N.T. é um clássico da banda! Além do fantástico instrumental e dos backing vocais dos irmãos Young, a letra merece um grande destaque. Um sujeito (provavelmente Bom Scott) esta voltando à sua cidade natal, depois de ficar um tempo fora (possivelmente na cadeia), com uma grande “energia” armazenada, ou seja, ele é puro T.N.T.! A música que dá nome ao disco High Voltage, não tem conotação sexual. É a banda dizendo a todos que eles são pura alta voltagem e que chegaram para “eletrizar” o mundo do rock.

Eu deixei a música Can´t i Sit Next to you Girl por último por três motivos: 1) foi a primeira música gravada pelo AC/DC; 2) a letra conta a história de uma cantada que Bom Scott deu em uma mulher em um bar onde a banda estava tocando; 3) na dica que eu darei no final do artigo tem um clipe desta música, com a banda se apresentando em um programa da TV australiana, e simplesmente Bom Scott esta vestido de mulher com vestido e peruca loira! Tentem imaginar um cara todo tatuado vestido de mulher! É uma das cenas mais engraçadas da história do Rock.

Para finalizar eu só gostaria de falar um pouco da contra-capa deste disco. Quem puder, dê uma lida nela. Se trata de cartas escritas para cada membro da banda (no casa dos irmãos Young, a diretora da escola dos dois escrevendo para a senhora Young). A de Bom Scott é uma declaração de amor de uma garota, mas o único problema é que ela é filha do prefeito da cidade. Vale a pena ler as cartas e reparem no singelo coração que foi desenhado para Bom Scott!
A minha dica é o DVD Family Jewells do AC/DC que contém todos os clipes da banda, entrevistas e cenas inéditas e raras da banda.

1 Comments:

Anonymous Astronomers said...

Hey there, I was in the process of searching for information on the topic of Astronomy Magazine and came accross your site. Though not exactly what I was looking for I'm glad I reached here and took a peek.. I was looking for specific info re Astronomy Magazine but still enjoyed my experience here. Great job and good luck!

3:32 AM  

Post a Comment

<< Home